Cacaso – música e poesia

Um dos principais poetas brasileiros do final do século passado, Antonio Carlos Ferreira de Brito, o Cacaso, morreu de enfarte em 1987, com apenas 43 anos. Também ensaísta e letrista, ele deixou uma vasta obra, que será lembrada mês que vem no projeto “Cacaso – Música e Poesia”, realizado pelo Centro Cultural Banco do Brasil.

As apresentações marcam os 65 anos do nascimento de Cacaso, que se completam no dia 13 de março. Sob a curadoria de Rosa Emília, cantora baiana que foi casada com o poeta e atualmente vive em Veneza, o evento reunirá parceiros e intérpretes do letrista de músicas como “Lero-lero”, “Face a face”, “Dentro de mim mora um anjo” e “Amor”. Poemas de Cacaso serão declamados por poetas surgidos na chamada geração mimeógrafo: Geraldo Carneiro, Ulisses Tavares, Chico Alvim e Carlito Azevedo.

Mànya Millen e Rachel Bertol informaram na coluna “No Prelo”, do jornal “O Globo” do último dia 7, que o evento será composto por oito shows, de quinta a domingo, de 19 a 22 e de 26 a 29 de março, sempre às 19h, no Teatro II do CCBB.

O Centro Cultural Banco do Brasil fica na Rua Primeiro de Março, 66. Rio de Janeiro/RJ.

O poeta Geraldo Carneiro participou no de 2007 da Flap! na mesa “Literatura Falada e Literatura Escrita”, ao lado dos também poetas Henrique Rodrigues, Mano Melo e Salgado Maranhão.

Anúncios

Mano Melo – apresentação única hoje

Mano Melo

Mano Melo

A partir de dezembro o evento Poesia e Vinho em Laranjeiras acontece todo primeiro sábado do mês na Symposium Vinhos, em Laranjeiras. Com coordenação de Priscila Andrade, a estréia é com Mano Melo, hoje, 6 de dezembro.

Mano a Mano com Mano Melo é um show de bolso onde Melo intercala poemas, seus e de outros autores, clássicos e contemporâneos, com histórias engraçadas e fatos interessantes vividos durante sua trajetória poética.A poesia como espetáculo e como diversão através de um universo que engloba ícones reais e imaginários.

Sem parafernálias cênicas, o que ressalta é a verdade das palavras e a emoção do poeta e ator em contato direto, olho no olho, com seu público. Estruturado como uma Stand Up Poetry, no gênero das Stand Up Comedies americanas, depois de 3 meses em cartaz o espetáculo chega agora ao Symposium Vinhos para uma apresentação única .

Serviço:
Mano a Mano com Mano Melo
Poeta: Mano Melo
couvert artístico
: R$15,00
Consumação mínima: NÃO TEM
Dia 06/12/2008, sábado
Horário: 20:30
Local: Symposium Vinhos, Rua Ipiranga, 65 – Laranjeiras
Telefone: (21) 2205-3122
Coordenação: Priscila Andrade

Mano Melo em cartaz

Mano Melo

Mano Melo

Mano a Mano com Mano Melo

 
Datas: 3, 10, 24 e 31 de outubro de 2008
Local: Espaço Telezoom
R. Dias Ferreira, 78/301 – Leblon
Rio de Janeiro
21 3435-1617
21 34351588
Horário: 19h30 às 21h30
Ingresso: R$20,00

>>Mais informações aqui.

Mano a Mano com Mano Melo é um show intimista onde Mano Melo intercala poemas, seus e de outros autores clássicos e contemporâneos, com fatos engraçados e interessantes vividos durante sua trajetória poética, anedotas e filosofias.

Nesta sexta, dia 3 de outubro, Mano recebe o músico Mu Chebabi e a dupla Os Fulanos.

O poeta Mano Melo participou da edição carioca de 2007 da FLAP! na mesa ‘Literatura Falada e Literatura Escrita’.

Em um debate acolarado entre mesa e platéia, em que questionou-se a validade das centenas de saraus que acontecem na cidade, Mano comparou esses eventos com as peladas que acontecem pelo país: a questão, mais que a qualidade, é a oportunidade real que esses eventos geram do surgimento de novos Garrinchas e Pelés literários. Além, claro, de trazer o contato com a poesia para o dia a dia das pessoas.