Evento quarta-feira!

_Quarta

Anúncios

Lançamento do livro de Leonardo Marona

convite-virtual

Silogismo carnavalesco

premissa maior

             o que não mata engorda/ o que não mata fortalece

premissa menor

             não morri/ não morri

conclusão

             estou mais gordinha/estou mais fortinha

,

mas não o suficiente para me alongar. palavra na quarta de cinzas ainda é marchinha; hoje o carnaval ainda é a literatura contemporânea. cantemos.

1.
Guarde no peito a dor de não cantar.

2.
Merece uma homenagem
quem tem forças pra cantar.

3.
Quero de novo cantar.

4.
Cantar oh! Cantar!

5.
Lalalalalalalalalala ei!
Lalalalala ei!
Lalalalalalalalala!

6.
Adeus adeus minha gente,
que já cantamos bastante.

.
.

(trechos de: 1. Último Regresso –- Getúlio Cavalcanti 2. Bloco da Solidão -– Evaldo Gouveia/ Jair Amorim 3. Tristeza — Haroldo Lobo/Niltinho 4. A dor de uma saudade — Edgar Moraes 5. Água na boca -– Mendes 6. Evocação Nº 1 — Nélson Ferreira. aqui você lê na íntegra.)

Jovens poetas em pauta no Click(in)versos

bg1k

Quem não conhece, deveria. Ramon Mello, companheiro nosso no coletivo | riosemdiscurso e autor do livro Tumorgrafias (Editora Cartaz, 2006), possui um excelente blog de literatura, o Click(in)versos. Ao contrário do sempre revelador conteúdo, o formato dos posts pouco muda, são entrevistas com jovens escritores atuantes na literatura contemporânea. E o melhor é que, nestes tempos de “tudo pela internet”, Ramon prefere encontrar-se pessoalmente com os escritores.  O que se lê blog é, portanto, espontâneo e descontraído, tudo o que se precisa para uma boa prosa.
 
Nas duas entrevistas mais recentes, a poesia predominou. Ele conversou com Lucas Viriato, editor do jornal Plástico Bolha, cujo último livro lançado em 2008 foi objeto do post de 5 fevereiro aqui do Blog da FL@P!RJ, e com Alice Sant’Anna, ganhadora da eleição dos melhores do ano do Jornal do Brasil com seu livro Dobradura (7Letras, 2008). Ambos (os três, Ramon foi o mediador) participaram da edição de 2008 da FL@P!RJ na mesa “Palavra nos meios”, ao lado dos também poetas Olga Savary e Omar Salomão – que igualmente já foi entrevistado no Click(in)versos.

Confira aqui: http://wwwb.click21.mypage.com.br/MyBlog/visualiza_blog.asp?site=clickinversos.myblog.com.br

E pra completar, Ramon faz aniversário hoje: parabéns Ramon!

Cacaso – música e poesia

Um dos principais poetas brasileiros do final do século passado, Antonio Carlos Ferreira de Brito, o Cacaso, morreu de enfarte em 1987, com apenas 43 anos. Também ensaísta e letrista, ele deixou uma vasta obra, que será lembrada mês que vem no projeto “Cacaso – Música e Poesia”, realizado pelo Centro Cultural Banco do Brasil.

As apresentações marcam os 65 anos do nascimento de Cacaso, que se completam no dia 13 de março. Sob a curadoria de Rosa Emília, cantora baiana que foi casada com o poeta e atualmente vive em Veneza, o evento reunirá parceiros e intérpretes do letrista de músicas como “Lero-lero”, “Face a face”, “Dentro de mim mora um anjo” e “Amor”. Poemas de Cacaso serão declamados por poetas surgidos na chamada geração mimeógrafo: Geraldo Carneiro, Ulisses Tavares, Chico Alvim e Carlito Azevedo.

Mànya Millen e Rachel Bertol informaram na coluna “No Prelo”, do jornal “O Globo” do último dia 7, que o evento será composto por oito shows, de quinta a domingo, de 19 a 22 e de 26 a 29 de março, sempre às 19h, no Teatro II do CCBB.

O Centro Cultural Banco do Brasil fica na Rua Primeiro de Março, 66. Rio de Janeiro/RJ.

O poeta Geraldo Carneiro participou no de 2007 da Flap! na mesa “Literatura Falada e Literatura Escrita”, ao lado dos também poetas Henrique Rodrigues, Mano Melo e Salgado Maranhão.

Retorno ao oriente

capa do livro

capa do livro

Recentemente, no post de 15 Janeiro, divulguei neste Blog da FL@P! a versão online do Jornal Plástico Bolha, fazendo menção ao segundo livro de um de seus editores, nosso caro jovem poeta Lucas Viriato. Aproveito o ensejo para indicar aqui o prazeroso livro Retorno ao Oriente (Ed. 7Letras) com um dos tantos poemas que me chamaram atenção pelo tom leve, bem humorado e lírico, que marca o estilo do poeta. 

Essas Letras

No que dependesse
do conceito de bacana indiano
entraria uma música agora
e essas letras todas
começariam a dançar.

No que dependesse
do conceito de sabor indiano
que vai misturando de tudo um pouco
essas letras arderiam tanto
que precisaríamos de óculos escuros.

No que dependesse
do conceito de harmonia indiano
que torna a vida mais bonita
essas letras todas
teriam flores nas serifas.

 

Sobre o autor: Lucas Viriato de Medeiros, carioca de 24 anos, é formado em Letras pela PUC-Rio, com habilitação em produção textual. Desde 2006, edita com amigos o jornal literário Plástico Bolha, que já publicou centenas de autores, entre novos e consagrados. Em 2007, estreou com Memórias Indianas, livro sobre sua primeira viagem para a Índia. Retorno ao Oriente dá continuidade a este projeto poético sobre o leste do mundo. Participou da última edição FLAP!RJ na mesa  ’Palavra nos meios’ ao lado dos poetas Olga Savary, Omar Salomão e Alice Sant’Anna.

(Retrono ao oriente;  Rio de Janeiro: 7Letras, 2008.)

Boca de Baco – Este sábado!

bocadebaco3

Este sábado Priscila Andrade e Ramon Mello, integrantes do coletivo RIOSEMDISCURSO – que organiza a FLAP! se apresentam no evento Boca de Baco na Livraria Odeon.