Cacaso – música e poesia

Um dos principais poetas brasileiros do final do século passado, Antonio Carlos Ferreira de Brito, o Cacaso, morreu de enfarte em 1987, com apenas 43 anos. Também ensaísta e letrista, ele deixou uma vasta obra, que será lembrada mês que vem no projeto “Cacaso – Música e Poesia”, realizado pelo Centro Cultural Banco do Brasil.

As apresentações marcam os 65 anos do nascimento de Cacaso, que se completam no dia 13 de março. Sob a curadoria de Rosa Emília, cantora baiana que foi casada com o poeta e atualmente vive em Veneza, o evento reunirá parceiros e intérpretes do letrista de músicas como “Lero-lero”, “Face a face”, “Dentro de mim mora um anjo” e “Amor”. Poemas de Cacaso serão declamados por poetas surgidos na chamada geração mimeógrafo: Geraldo Carneiro, Ulisses Tavares, Chico Alvim e Carlito Azevedo.

Mànya Millen e Rachel Bertol informaram na coluna “No Prelo”, do jornal “O Globo” do último dia 7, que o evento será composto por oito shows, de quinta a domingo, de 19 a 22 e de 26 a 29 de março, sempre às 19h, no Teatro II do CCBB.

O Centro Cultural Banco do Brasil fica na Rua Primeiro de Março, 66. Rio de Janeiro/RJ.

O poeta Geraldo Carneiro participou no de 2007 da Flap! na mesa “Literatura Falada e Literatura Escrita”, ao lado dos também poetas Henrique Rodrigues, Mano Melo e Salgado Maranhão.

Anúncios

Ensaios radioativos

confraria-capa1O poeta, editor (da Confraria do Vento) e ensaísta Márcio-andré lançou no final de 2008 seu mais novo livro: Ensaios radioativos. Oscilando entre artigos explicitamente líricos e uma crítica acurada, Márcio fez um livro não menos que belo. A revista eletrônica de literatura Cronópios publicou há pouco tempo uma interessante resenha da obra, escrita pelo também poeta e pensador Anderson Fonseca. Recomendo o link, além do livro, claro.

Márcio-andré participou intensamente da FL@P!RJ 2007, quando fez parte da primeira mesa ao lado dos poetas Bruno Cattoni, Paulo Ferraz, Sylvio Back e Toni Barreto. Além disso, seu grupo de poesia sonora Arranjos para assobio fez a apresentação de abertura para os debates do dia seguinte.

Unz, com Sérgio Sant’Anna, no Canal Brasil

Sérgio Sant'Anna

Essa semana, de terça para quarta (de 2 para 3/12), durante os cincos minutos do programa Unz, meia noite e meia, no Canal Brasil, é exibia a leitura da Oração a uma jovem defunta nua, de Sergio Sant’anna. O cenário não poderia ser mais apropriado: o Cemitério São João Batista.

Sérgio Sant’Anna participou da edição 2007 da FLAP! Contaminações, na mesa O Além Livro, mediada pelo poeta e compositor Leandro Jardim. Debatendo com Sant’Anna estavam Cecília Gianetti, Ana Paula Maia e Andrea Paola.

Leitura: Oração a uma jovem defunta nua – Sérgio Sant’Anna
Onde: Canal Brasil, programa Unz
Quando: de 2 para 3 de dezembro, 00:30

FLAP! Rio 2007 – Contaminações

Dias 4 e 5 de Agosto 2007 – PUC-Rio no Auditório do RDC

PROGRAMAÇÃO

Sábado, dia 04 de agosto

14:30h – Leitura do poema Tabacaria, de Álvaro de Campos, pelo poeta Eduardo Tornaghi + Leitura InVERsa

15h às 16:30h – Contaminações
Mediação: Thiago Ponce – poeta
– Bruno Cattoni – poeta e jornalista
– Márcio-André – poeta e músico
– Paulo Ferraz – poeta e editor
– Sylvio Back – poeta e cineasta
– Toni Barreto – poeta, restaurador e encadernador

16:30h às 18h – A Literatura na Sala de Aula
Mediação: Vinicius Baião – poeta
– Alberto Pucheu – poeta, professor de Teoria Literária UFRJ
– Érico Braga – poeta e professor
– Flávio Corrêa de Melo – escritor
– Marcus Alexandre Motta – professor de Literatura Portuguesa da UERJ

18h – InTERvalo InVERso

18:30h às 20h – E quem vive disso?
Mediação: Raphael Vidal – editor e escritor
– Cairo Trindade – poeta
– Marcelo Lachter
– Pedro Tostes – poeta e editor
– Thereza Cristina Motta – editora e poeta

Domingo , dia 5 de agosto

14:30h – Apresentação de texturas poéticas e realidades experimentais com Arranjos para assobio

15h às 16:30h – O Além Livro
Mediação: Leandro Jardim – poeta
– Ana Paula Maia – escritora
– Andréa Paola – poeta
– Cecília Giannetti – escritora e editora
– Sérgio Sant’Anna – escritor

16:30h – InTERvalo InVERso

17h às 18:30h – Literatura Falada e Literatura Escrita
Mediação: Priscila Andrade – poeta
– Geraldo Carneiro – poeta e letrista
– Henrique Rodrigues – poeta e coordenador de projetos literários
– Mano Melo – poeta
– Salgado Maranhão – poeta

18:30h – Fechamento InVERso