Um poema de Pietroforte

de tanto esconder 50 gramas na calcinha
na confusão, me deixa alucinado
não sei se quando chupo sua boceta fico louco
ou se fico com tesão
quando fumo um baseado

(do livro “O retrato do artista enquanto foge”, São Paulo, Annablume, 2007)

Antonio Vicente Seraphim Pietroforte nasceu em 1964, na cidade de São Paulo. Formado em Português e Lingüística, é mestre e doutor em Semiótica e Lingüística Geral pela FFLCH-USP, autor do romance Amsterdã SM (2007) e do livro de poesias O retrato do artista enquanto foge (2007), pela editora DIX; e dos livros Semiótica Visual – Os percursos do Olhar (1ª ed 2004; 2ª ed 2007) e Análise do Texto Visual – a Construção da imagem (2007), pela editora Contexto. Participou da FLAP! 2006, na Arena Livre, ao lado de Marcus Alexandre Motta e Virna Teixeira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: